segunda-feira, 7 de setembro de 2015

INTEGRANDO A CAPTAÇÃO DE ÁGUA PLUVIAL E O BOMBEAMENTO SOLAR

Não adianta captar a água pluvial e não dar-lhe uma destinação nobre. Aqui, estamos falando de 3 fases:
  • Bombeamento alimentado por energia solar, utilizando-se painéis foto-voltaicos
  • Tratamento adequado da água a ser armazenada
  • Integração reservatório / captação / bombeamento
 Nesta postagem, iremos focar na primeira fase, para entender  as várias interações entre a potência foto-voltaica obtida, e balancear as cargas,  para finalmente entendermos a capacidade de bombeamento do nosso sistema.  Lembramos que todo o nosso sistema é montado em  escala reduzida, e vamos balanceando o volume captado de água da chuva,  a potência foto-voltaica, e a capacidade  de armazenamento de água que obtemos.

Na realidade, estaremos relacionando áreas:
  • Área de Captação de água de chuva
  • Área de captação de energia solar
  • Área de armazenamento x altura de armazenamento.
É importante lembrar que tanto a captação de água pluvial, quanto a captação de energia solar necessitam de grandes áreas,  fator este as vezes impeditivo de se implantar um sistema destes.
Por isto, estamos estudando todo o interrelacionamento destes fatores.

Nosso sistema de bombeamento solar:

 A localização da captação de água de chuva já havia sido escolhida, em função da incidência da luz do sol.
Optou-se por um sistema em DC, 12V pela sua simplicidade e economia de componentes.




Na sucção da bomba, para evitar entrada de corpos estranhos, um filtro de sucção

A montagem, ainda próvisória, será adequadamente fixada ao solo, como forma de  prevenção de ventos fortes, comuns no local.

 Todos os componentes do sistema de potência foram instalados sob o painel, formando uma montagem compacta

Controlador de carga, para adequar o consumo da bomba e a carga da bateria

 Bomba de diafragma, em uma montagem compacta, potência nominal de 84 W, e vazão máxima de 1.8 gpm (6.8 lit/min).
Esta bomba tem uma válvula de segurança que não permite seja ligada na ausência de água na sucção. Muito útil !

 Volume interessante de água, mesmo com baixa insolação.

O módulo é autônomo , compacto e envia uma água pré-filtrada

O sistema mostrou-se equilibrado com o volume de captação de água, e o próximo passo será o tratamento da água bombeada.  Na próxima postagem........



Nenhum comentário:

Postar um comentário